Lua Cheia 11°37’ Leão com Eclipse Total da Lua – 31/01/2018, 11:26 hs (Brasília)


Lua Cheia 11°37’ Leão com Eclipse Total da Lua – 31/01/2018, 11:26 hs (Brasília)

A Lua chega ao seu momento de maior plenitude do mês, quando se encontra totalmente iluminada pelos raios solares – é a Lua Cheia. Porém, esta Lua Cheia de amanhã será duplamente especial pois, além de ser uma Super Lua, ela estará sobre a eclíptica ocasionando um Eclipse Total da Lua. É a terceira Super Lua seguida, uma vez que as Luas Cheias (as duas últimas) têm coincidido com o perigeu lunar, que é ponto de sua órbita em que a Lua está mais próxima da Terra. Já o posicionamento da Lua Cheia sobre a eclíptica faz coincidir sobre um mesmo plano o Sol, a Terra e a Lua de modo que, assim alinhados, a Lua passa pela sombra da Terra, interrompendo momentaneamente a luminosidade lunar. No entanto, a Lua não desaparece de nossa visão, mas adquire um tom mais tênue e avermelhado – por isso é chamada também de “Lua de Sangue”. Isto acontece porque a atmosfera da Terra funciona como uma lente que absorve os componentes azuis da luz solar e deixa passar os vermelhos, que serão refletidos pela Lua. Além do mais, sendo a segunda Lua Cheia do mês, foi apelidada de Lua Azul, sendo isto um fator cultural, não possuindo significado astrológico nem astronômico. Apenas ativa a imaginação popular, representando o fascínio que exerce nosso satélite sobre nós.

A Super Lua coincidindo com um eclipse total, mais especial e atraente se torna onde puder ser vista. A Totalidade, quando a Lua estará inteiramente dentro da sombra da Terra, durará um pouco mais de uma hora e meia. No Brasil, não poderá ser observada diretamente, porque estará abaixo do horizonte. Mas poderemos assistir o fenômeno pela internet.

Astrologicamente, esta Lua Cheia é também muito especial. Destaca-se, numa figura marcante, por ser ela o único astro posicionado num dos lados da configuração, estando todos os outros planetas do lado oposto do mapa, e compreendidos em um ângulo de 150°. Isso ressalta e intensifica a ocorrência da Lua Cheia e do eclipse total, fazendo sobressair-se ainda mais através do seu teor emocional, exacerbando situações e levando à culminação das coisas. Aumenta a intensidade dos acontecimentos podendo queimar etapas, ativando cenários que já estejam no limite, por um fio, a fim de modificar aquela área e trazer um novo enfoque. Com isso, ocasiona uma quebra na ordem regular dos fatos, levando a crises que precipitam acontecimentos e causam mudança de rumos. Não é para menos, já que estamos diante de uma Super Lua Cheia fortemente posicionada. Para aqueles que desejam assistir pela internet, segue abaixo o link. O início da fase penumbral começa às 08:51 hs AM, e do eclipse total, às 10:51 hs AM (hora de Brasília). 

https://www.youtube.com/watch?v=w3HpeLVHIzI

Foto de Fred Espenak via Earth Sky.

A parte escura do mapa é onde o eclipse total da Lua não será visível.  Via Fred Espenak

Lua Cheia 31/01/2018 – Eclipse Total da Lua